- Anúncio -

São Paulo – Na tarde de sábado (8), o piloto de um avião agrícola (Matrícula PT-OST, modelo Chincul PA-25-235 Sacaifi) que se acidentou em Itariri (Vale do Ribeira), no interior de São Paulo, foi resgatado por equipes do Corpo de Bombeiros e do helicóptero Águia 13 do Comando de Avião da Polícia Militar, Base Praia Grande.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o próprio piloto conseguiu enviar sua localização por mensagem via celular às equipes que realizavam buscas na região. Os bombeiros foram acionados pelo dono da propriedade, que havia contratado o piloto para realizar trabalho de pulverização de um bananal. Após levantar voo, ele não teria retornado à base.

O helicóptero Águia 13 da Base de Aviação de Praia Grande realizou as buscas e localizou o avião e o piloto. O piloto do Águia manteve o pairado sobre o local e um operador aerotático do helicóptero acessou a vítima através do guincho elétrico. Coordenado pelo operador do guincho, o piloto do avião foi içado para dentro do helicóptero e na sequência o tripulante.

Com todos embarcados a equipe pousou na Fazenda São Francisco, onde o Corpo de Bombeiros prestou os primeiros socorros ao piloto. Segundo o tenente Alexandre Costa, a ação mobilizou cerca de 20 bombeiros, além da PM e do Águia. O piloto foi levado ao Pronto Socorro Municipal de Itariri.

Investigação

Em nota, o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica informa que investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), foram acionados para realizar a Ação Inicial da ocorrência envolvendo a aeronave PT-OST.

A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

A investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram. A conclusão de qualquer investigação conduzida pelo CENIPA terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a aeronave apresenta condições normais de aeronavegabilidade e Inspeção Anual de Manutenção atualizada.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários