- Anúncio -

Ceará – Na noite de sexta-feira (15), quatro pessoas morreram na queda de um avião bimotor EMB-810 Seneca, PT-RMN, de propriedade da empresa Top Line Táxi Aéreo, com sede em Teresina, PI. O acidente aconteceu na Serra de São Benedito, município da Região da Ibiapaba, no interior do Ceará. Na queda, o avião incendiou-se.

A aeronave envolvida prestava serviços de UTI aérea e na ocasião fazia a rota Teresina – Sobral – Teresina. A empresa possui autorização da ANAC para realizar transporte aeromédico. Um paciente diagnosticado com COVID-19, que era médico do Hospital Regional Norte de Sobral, estava sendo transportado acompanhado por um médico e uma enfermeira.

O paciente estava internado há dois dias em um hospital particular de Sobral e optou por continuar seu tratamento e um hospital de Teresina, onde mora a família. Assim, a empresa de táxi aéreo foi fretada para realizar o transporte. O piloto do avião tinha mais de 40 anos de experiência.

A empresa Top Line Táxi Aéreo informou em nota que imediatamente após receber a notícia, encaminhou uma equipe até o local e acionou os órgãos competentes para que as providências pudessem ser tomadas.

“O compromisso, neste momento de profunda tristeza, é de confortar os familiares, garantir que sejam asseguradas todas as medidas e protocolos investigativos em relação à causa do acidente, bem como transparência nas informações”, complementou.

Além da Polícia, equipe do CENIPA (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) da Força Aérea Brasileira realizará investigação dos prováveis fatores contribuintes do acidente.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários