São Paulo – Na terça-feira (23), o Comando de Aviação da Polícia Militar (CAvPM) assinou contrato com a empresa Helicópteros do Brasil S/A – Helibras|Airbus referente à compra de um helicóptero bimotor Airbus H135, equipado para operações aeromédicas e de resgate aéreo.

A licitação (Pregão Nº PR-173/0036/20) aconteceu no dia 19 de março de 2021 e o preço ficou em US$ 9.481.000,00. Logo após o encerramento do Pregão e habilitação da empresa, iniciou-se longa discussão jurídica sobre o certame, que foi resolvida com decisão do Secretário da Segurança Pública pela regularidade da licitação e homologação realizada pela Polícia Militar, mediante extenso parecer.

Para entender melhor acesse:

Foram realizadas 03 audiências públicas, com participação dos principais fabricantes de helicópteros do mundo, onde foi exaustivamente debatido o Termo de Referência e suas especificações, voltadas para as necessidades operacionais do CAvPM.

Para que esse pregão tivesse sucesso foram necessários muitos anos de estudos técnicos e outras tentativas que não obtiveram êxito, ou por questões jurídicas/administrativas, ou por falta de recursos públicos para investimentos, como aconteceu em 2011, quando houve uma tentativa para adquirir seis helicópteros bimotores.

Segundo o CAvPM, a aeronave H135 deverá ser entregue em 2022 e possuirá equipamentos aeromédicos embarcados e capacidade para dois pilotos em duplo comando, 01 paciente com completo suporte avançado de vida e dois profissionais de saúde (médico e enfermeiro).

O helicóptero também será equipado com guincho elétrico e capacidade para receber uma segunda maca para transporte eventual, sem suporte avançado dedicado para a segunda vítima.

Com essa nova aeronave, os profissionais de saúde que voam ajoelhados no assoalho dos helicópteros monomotores AS350 (Esquilo), passarão a voar com mais segurança, além de poderem realizar com mais eficiência procedimentos médicos durante o voo, quando necessário.

“Essa é uma conquista para a sociedade paulista e também para a Polícia Militar de São Paulo. Certamente teremos operações aeromédicas e de resgate aéreo mais seguras para as equipes operacionais e para as vítimas que resgatamos e transportamos todos os dias em São Paulo”, disse o Cel Paulo Luiz Scachetti, comandante dos Águias da PM, logo após a assinatura do contrato.

Esse será o segundo H135 do CAvPM. Com essa aquisição, a Polícia Militar passará a ter uma frota operacional de 24 Esquilos (AS350), três aviões (King Air B200GT, Grand Caravan e Baron) e três helicópteros bimotores, um AW109 Grand New e dois EC135.

Aquisição de Esquilos

Em maio de 2021, o CAvPM adquiriu dois helicópteros monomotores novos, multimissão, modelo AS350 B3e – Esquilo (H125). A aquisição foi mediante processo de inexigibilidade com a empresa Helibras|Airbus. O valor das duas aeronaves ficou em R$ 57.250.203,31, correspondente a U$ 10.961.802,00. (Clique e saiba mais)

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dezessete + 6 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.
Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.

Comentários

comentários