- Anúncio -

Santa Catarina – Em Florianópolis, o Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros, que mantém o atendimento feito pelo helicóptero Arcanjo, entre outros, recebeu neste sábado (26) um equipamento que vai auxiliar nos trabalhos de resgate aeromédico, preservando vidas.

O Compressor Torácico Automático (LUCAS® 3) é o primeiro equipamento desse tipo a ser usado em Santa Catarina. No Brasil, ainda são poucos serviços aeromédicos governamentais que utilizam esse equipamento. A ideia é colocá-lo em operação até meados do mês de novembro. O equipamento foi adquirido com recursos captados através de projeto junto ao Ministério Público do Trabalho, e custou cerca de R$ 118 mil.

Para o Major BM Túlio Tartari Zanin, Comandante do BOA, “é um momento ímpar, no qual damos mais um passo grandioso e importantíssimo no quesito especialização e diferenciação do nosso serviço de resgate aeromédico”.

O sistema de compressão foi concebido para melhorar os resultados de vítimas de parada cardíaca e ajudar as operações dos socorristas. Executa 100 compressões por minuto com uma profundidade de 2,1″ (5 cm).

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários