Dinamarca – O serviço pré-hospitalar da Região de Midtjylland (Jutlândia Central) realizou o primeiro transporte em helicóptero militar de um paciente COVID-19 com a cápsula de isolamento EpiShuttle. Foi empregado pela primeira vez um helicóptero EH101 da Força Aérea Real Dinamarquesa (RDAF).

A região possui unidade pré-hospitalar com departamento organizado para doenças de alto risco na Dinamarca. Sua equipe é composta por um time de gerenciamento de crise e uma equipe operacional pronta para transportar 24 horas nos sete dias da semana.

Eles adquiriram seu primeiro EpiShuttle em dezembro de 2019 e atualmente possuem seis cápsulas para uso em helicópteros RDAF EH101 e aviões C-130 Hercules e Bombardier Challenger. Durante a pandemia de COVID-19, até setembro de 2021, as equipes especializadas foram acionadas 39 vezes, transportando um total de 24 pacientes.

Melhores práticas desenvolvidas com foco no treinamento

Além das missões de transporte, as equipes passam por sessões de treinamento trimestrais para desenvolver as melhores práticas e se prepararem para as operações. Os serviços pré-hospitalares também contam com treinamentos mais extensos, com cinco treinamentos em dois anos.

Durante a COVID-19, os serviços pré-hospitalares trabalharam em estreita colaboração com os militares, tanto no que se refere ao treinamento quanto ao trabalho diário.

“A cada dois anos, estamos planejando realizar uma sessão de treinamento de dois dias com os militares. Recomendamos isso, pois fortalece a cooperação com as Forças Armadas e nos dá ótimas ideias para melhorias, disse Bo Elbæk, chefe do Departamento de Preparação para a Saúde.

“Na minha opinião, somos uma equipe muito experiente, bem posicionada entre outras no mundo quando se trata de usar o EpiShuttle, e estamos felizes em compartilhar nossos conhecimentos e habilidades. Nossa equipe está muito segura nas operações e já estamos organizando sessões de treinamento com vários funcionários de hospitais, equipes médicas em outras regiões e cooperando com outros países para desenvolver as melhores práticas em outros assuntos, complementou Bo Elbæk.

Os serviços pré-hospitalares já utilizaram o EpiShuttle em várias situações e seu objetivo para o futuro é utilizar ainda mais o produto. Também estão em busca de outros produtos mais confortáveis ​​para proteger a equipe médica, como diferentes máscaras, e EPIs com ventilação.

Serviço pré-hospitalar dinamarquês transporta paciente com COVID-19 em cápsula EpiShuttle.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

4 × três =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.
Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.

Comentários

comentários