Três membros do GREIM morrem em acidente de helicóptero durante resgate em León/Espanha

Três membros do GREIM morreram fazendo um resgate em León. As vítimas eram pilotos de helicóptero com base em Léon e uma era membro do GREIM de Sabero.

Helicóptero da Guarda Civil do mesmo modelo (Volkov 105) que sofreu o acidente, em Léon, voando nos Picos da Europa. Foto:© Darío Rodríguez/DESNIVEL

O acidente ocorreu por volta das 9 horas da manhã do dia 23 de agosto. O helicóptero do Grupo de Resgate e Intervenção em Montanha (GREIM) estava resgatando um participante do 13º Raid Picos da Europa (Espanha), que tinha sofrido, às 3:30 da manhã, uma fratura exposta da tíbia, na área da Polinosa, na cidade de Maraña (León), no Parque Natural dos Picos da Europa. O helicóptero havia deixado dois membros da equipe de resgate junto com a pessoa ferida para fornecer os primeiros socorros antes de evacuá-la.

Ao retornarem para o helicóptero o primeiro a entrar na aeronave foi o membro do GEIM, José Martínez Conejo. Quando a pessoa ferida foi colocada dentro do helicóptero, ouviu-se um barulho. O outro membro do GREIM, Enrique Ferrero, que ainda estava do lado de fora do helicóptero, teve tempo de tirar o ferido do helicóptero, salvando sua vida. O helicóptero caiu ladeira abaixo e ouviu-se uma explosão. Enrique Ferrero, após salvar o acidentado, correu para ajudar os seus colegas, mas eles haviam morrido no acidente.

Ainda não se sabe ao certo o que ocorreu. É possível que uma rajada de vento tenha feito as lâminas do helicóptero tocarem uma parte escarpada da montanha. Uma outra hipótese é que uma pedra da montanha possa ter caído sobre o helicóptero.

Pilotos bastante experientes com cerca de 9.000 horas de voo

Os pilotos que morreram tinham cerca de 9.000 horas de voo e eram muito experientes. Nas palavras de um companheiro do GREIM “Esses pilotos tinham uma experiência enorme e voavam muito bem, deixando suas equipes de resgate muito tranquilas”.

Os falecidos são o capitão Emilio Peláez (de 56 anos), um dos fundadores da unidade aérea de Léon, e o Tenente Marco Antonio Benito (de 50 anos). Marco Antonio Benito estava postado em Torrejón de Ardoz, fazendo inúmeros resgates no Sistema Central, especialmente em Gredos. Ele também tinha muita experiência nos Picos da Europa. Foi piloto desde meados dos anos noventa.

Fonte: Desnivel/ Reportagem: Darío Rodríguez

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

4 × 5 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários