Clínica da Família “Cabo Canazaro” é inaugurada em homenagem ao tripulante operacional do GAM/RJ falecido em serviço

A Prefeitura do Rio de Janeiro inaugurou no dia 02/06/2011, a primeira Clínica da Família no bairro do Sampaio, que vai beneficiar comunidades pacificadas na região.  O prefeito Eduardo Paes e o secretário de Segurança Pública/RJ, José Mariano Beltrame, participaram do evento.

Com capacidade para assistir 20 mil moradores da região, o atendimento da Clínica da Família Cabo Edney Canazaro abrange cinco comunidades do morro do Queto, que faz parte da UPP Morro São João-Morro da Matriz-Morro do Queto.

“Isso é a continuidade de um trabalho que leva atenção básica de saúde às pessoas que mais necessitam. Estamos chegando próximo a 25% da população carioca com cobertura do programa Saúde da Família. E é emblemático que ela tenha o nome de um policial militar, um servidor público, que trabalhava para alcançar essa pacificação. Ele deu a sua vida para que as pessoas moradoras destes locais, dominados pelo tráfico e pela violência, tivessem uma vida melhor. Esse é o trabalho que a Prefeitura do Rio tem realizado em parceria com o governo do Estado: levar dignidade e paz a estes cariocas”, explicou Paes.

O secretário Beltrame acompanhou a inauguração e elogiou a estrutura da nova unidade de saúde básica. “Estou aqui para agradecer pela sensibilidade de eternizar o nome de uma pessoa que, sem dúvida, morreu para que tudo isso pudesse acontecer. O que efetivamente vai trazer ou melhorar a segurança pública é a dignidade. E isso aqui tem um peso forte na construção da dignidade. Essa clínica também tem um diferencial muito importante que é a tecnologia de primeiro mundo. Vi aqui um raio-x digitalizado e um aparelho de  ultrassom com gel aquecido, coisas que não encontrávamos antes”, disse.

Na inauguração da Clínica estiveram presentes o Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro, Secretário de Estado de Segurança Pública, familiares do policial falecido, políciais militares do Grupamento Aéreo e Marítimo (GAM) e moradores da região que prestaram solidariedade e homenagem aos tripulantes falecidos em serviço, lembrando o combate diário e a missão do patrulhamento aéreo realizados pelo GAM/PMERJ com o objetivo de tornar nossa cidade mais justa e segura para todos nós.


Fonte: Agência Rio e GAM/RJ


Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

5 × quatro =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários