DOA/PRF em apoio às enchentes de Alagoas e Pernambuco

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), por intermédio da Divisão de Operações Aéreas (DOA), resgatou mais de cem pessoas ilhadas após as fortes chuvas que castigaram Pernambuco. As operações, que aconteceram durante o fim de semana, entre os dias 18 e 20/06, foram realizados em várias cidades da Zona da Mata Sul e Agreste do Estado, entre elas Barra de Guabiraba, Barreiros e Palmares.

DOA e SAMU regatam mais de cem pessoas durante tempestades em Pernambuco

Em Barra do Guarabira as equipes realizaram um parto de emergência. Operando em parceria com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), a DOA foi acionada para socorrer uma gestante isolada pelas águas que teve rompimento da bolsa gestacional. Os trabalhos de auxílio prestados pela PRF continuarão por tempo indeterminado, pois ainda existem registros de pessoas ilhadas que precisam de mantimentos, transporte e cuidados médicos.

Fonte: NUCOM/PE
Créditos: Equipe BASE DOA/NE


Helicóptero de Brasília segue para Maceió/AL – Missão de Defesa Civil

Decolou da Base DOA – Brasília/DF, em 20/06/2010, com destino a Maceió/AL, um helicóptero Bell 407 do DPRF. A aeronave vai se juntar as equipes de resgate/logistica que estão atentendo as vítimas das chuvas que atingiram o Estado.

A aeronave realizará missão de transporte de mantimentos, água, remédios e prestará o apoio necessário à Superintendência de Policia Rodoviária Federal em Alagoas, bem como à Defesa Civil do Estado. Encontra-se na cidade, já apoiando a missão, um Helicóptero da PRF da Base DOA de Recife/PE. A aeronave de Brasília pernoitará em Monte Claros/MG, com previsão de chegar em Alagoas em 21/06/2010, em torno de 12:00 horas para pronto atendimento.


Notícias veículadas em Midia:

Sobe para 13 número de mortos pela chuva em Alagoas

A Defesa Civil de Alagoas informou que mais três corpos foram encontrados, elevando para 13 o total de vitimas fatais das chuvas que atingiram o estado desde quinta-feira. As vítimas foram registradas nos municípios de União dos Palmares, Branquinha, Paulo Jacinto, Joaquim Gomes e Santana do Mundaú (uma). De acordo com a defesa civil, o número de desabrigados e desalojados chega a 53.123. Pelo menos 1.975 casas foram destruídas.

Segundo a Defesa Civil, foi decretado estado de calamidade pública em 15 municípios mais afetados pelas enchentes. Em todos eles, segundo a defesa civil, faltam água potável e comida.

A cidade mais afetada é a de União dos Palmares, a 80 km de Maceió. A Defesa Civil informa que há mais de 11 mil desabrigados. A Defesa Civil informa que há pelo menos 1.000 desaparecidos, mas o número ainda será confirmado, já que há muita dificuldade de obter dados precisos. Subiu para seis neste domingo o número de helicópteros que fazem o resgate de pessoas ilhadas: são dois helicópteros da Força Aérea Brasileira, um da Polícia Rodoviária Federal e três do Estado.


Fonte:  Resgate-Doa-Brasil


1 COMENTÁRIO

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

um + quinze =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários