- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Brasil – No sábado (04), equipe do Esquadrão Pantera (5º/8º GAV) da Força Aérea Brasileira, sediado na Ala 4 – Base Aérea de Santa Maria (RS), resgatou um homem que estava a bordo de um navio, oriundo do Panamá, a cerca de 100 km do litoral do Rio Grande do Sul (RS).

As informações recebidas pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (SALVAMAR), sobre o estado de saúde da vítima, eram de que apresentava febre alta desde o dia primeiro de julho e havia suspeita de malária.

A aeronave H-60L Black Hawk decolou de Santa Maria para a Ala 3 – Base Aérea de Canoas (RS), onde realizou pouso para embarque da equipe médica que integrou a tripulação e, em seguida, voou até a posição do navio para realizar o resgate.

O helicóptero manteve o voo pairado enquanto o homem SAR (Search And Rescue – Busca e Salvamento) desceu até o convés, realizou os primeiros atendimentos e foi içado com o paciente. Ao final, a vítima foi transportada em uma ambulância do SAMU para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre, para receber atendimento médico especializado. Toda a operação durou, aproximadamente, cinco horas.

A tripulação do helicóptero, formada por nove militares, sendo dois pilotos, dois homens de resgate, dois mecânicos, um médico e dois enfermeiros, usou trajes especiais para minimizar o risco de qualquer contaminação.

EVAM – Marinha do Brasil

Na segunda-feria (29), O 1° Esquadrão de Helicópteros Atissubmarino (EsqdHS-1) da Marinha do Brasil também foi acionado para resgatar um tripulante com suspeita de malária, embarcado no navio mercante panamenho “Kapetan Sideris”. (Saiba mais)

A Evacuação Aeromédica (EVAM) foi realizada com a aeronave “SH-16 Seahawk” e ocorreu a 150 milhas náuticas, aproximadamente 280 quilômetros da cidade de São Pedro da Aldeia, RJ. O paciente foi retirado através do guincho da aeronave.

Marinha do Brasil realiza evacuação aeromédica de tripulante em navio mercante a 150 milhas da costa.
- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários