Helicóptero da Receita Federal realiza transporte de um coração

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Servidores da Receita Federal e funcionários do Hospital Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, montaram uma operação na tarde desta quinta-feira (9/05) para transportar um coração de um de um adolescente de 16 anos que morreu vítima de um acidente e a família resolveu doar os órgãos. Eles tinham quatro horas para levá-lo até Pato Branco, no sudoeste do Paraná.

trasorgao

O veículo com o coração saiu do hospital escoltado por motos da Polícia Militar (PM) e seguiu até o gramadão do bairro Vila A. De lá, um helicóptero da Receita Federal fez o transporte até Pato Branco. A aeronave decolou por volta das 15h, viagem que durou pouco mais de uma hora, aumentando as chances de fazer o transplante com sucesso. De acordo com o hospital, o coração será doado para um paciente que estava na fila para transplantes.

Além do coração, a família do rapaz também autorizou a doação de outros órgãos, como o pulmão, que foi levado para um paciente de Porto Alegre, o fígado, rins, pâncreas e as córneas para Curitiba.

Fonte: G1

- Anúncio -

5 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns funcionários da RF que enfim estão fazendo algo que preste, além de brincarem de polícia Federal.
    Creio que a PRF seja o órgão mais indicado para essa missão tão importante visto que são muito mais operacionais.
    Digo partida rápida, decisão… Como há várias décadas é feito rotineiramente no RJ. Hoje há um helicóptero especialmente para o transporte de órgãos, operado pelo CBMERJ.
    Mais uma vez parabéns pelo site piloto policial pelas excelentes reportagens e o espaço para que possamos opinar.
    Grande abraço.

    • Cel Duarte, para de Trollagem. O senhor precisa estudar mais e se informar melhor antes de postar alguma coisa (depois da uma lida no art. 237 da Constituição Federal). Não merece nem comentário ficar desmerecendo nossos companheiros da RFB por mais esse exemplo de comprometimento com o dever. Com certeza essa não é a missão da RFB, mas se eles foram acionados para executar essa missão é porque houve alguma impossibilidade da PRF (ou de algum outro órgão do estado) de prestar o apoio.
      E segundo, a RF não brinca de polícia federal. Ela faz o trabalho que lhe é designado pela CF e por leis. (Contrabando e descaminho = violação ao Comércio Exterior)

      • Este cidadão nunca foi um Coronel – e se for, só pode ter algum problema sério com a Receita Federal, que não deixa nada barato.
        Parabéns aos companheiros da RF do Brasil e a todos os pilotos que exercem a função primordial de SALVAR VIDAS.

    • Deixe de mimimi coronel. Não fica bonito para um homem da sua idade ficar desmerecendo e difamando o trabalho dos outros. Parabéns à equipe que fez o transporte de forma rápida e eficiente. Uma vida salva não tem preço, independente de quem participou.

  2. Prezado Coronel Duarte, nós da Aviação da Receita Federal temos muito respeito e admiração pelas Aviações de Segurança Pública e de Defesa Civil, assim como por suas nobres missões, contudo nossa missão é outra, fiscalização alfandegária e tributária, não estamos brincando. Sobre transporte de órgãos, nossa contribuição é tão importante quanto a de qualquer outro operador de aeronave pública ou privada que se disponha a salvar uma vida, essa é uma missão humanitária, e não operacional ou exclusiva de um ou outro órgão.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários