Litoral sul de Alagoas será policiado por aeronave do GRAESP do Pará

Atendendo solicitação da Força Nacional de Segurança Pública o Grupamento Aéreo de Segurança Pública do Estado do Pará deslocou no dia 24 de agosto tripulação e o helicóptero AS350B2, Guardião 05, para reforço nas operações de defesa social no Estado de Alagoas.

A equipe GRAESP é composta pelo Piloto, Major BM Marlon, tripulantes operacionais: Tenente PM Francisco, Sargento BM Cleison e Soldado PM John, além de dois técnicos da empresa Helisul, contratada pela SEGUP/PA.

O helicóptero da Secretaria de Segurança Pública do Pará é o 13º a incorporar o policiamento aéreo em Alagoas desde o início das ações do Programa Brasil Mais Seguro – Alagoas, implantado em junho deste ano. O patrulhamento será realizado entre as 7 e 17h.

Inicialmente destinadas ao policiamento em Maceió e Arapiraca, o patrulhamento aéreo foi estendido para todo o Estado de Alagoas e já participou de operações em toda a Região Metropolitana, Agreste e Sertão. Desde o início do Programa, as aeronaves realizaram mais de 200 missões em apoio às guarnições da Polícia Militar, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

O patrulhamento é feito em incursões policiais a favelas, perseguição de suspeitos, buscas de carros roubados e roubo a banco. Os policiais tripulantes acompanham as demandas das operações de segurança e tem liberdade de agir quando achar necessário.

Os estados apoiam Alagoas enviando aeronaves, atendendo solicitação do Ministério da Justiça através da Secretaria Nacional de Segurança Pública. A tripulação realiza em média três operações por dia nas cidades e em pontos críticos conhecidos pelas altas taxas de crimes praticados.

Os casos de homicídios, principal foco das ações de segurança, diminuíram consideravelmente desde a implantação do programa no final de junho deste ano.

Para o coordenador das operações aéreas, major Ricardo Cruz, as aeronaves contribuem com a segurança de Alagoas e tem a simpatia dos alagoanos. “As pessoas já estão acostumadas com nossos sobrevoos, acenam para a tripulação e o mais importante é que sentem segurança com o patrulhamento aéreo”, destacou.

Segundo o secretário da Defesa Social, Dário Cesar, o uso dos helicópteros possibilita maior agilidade nas operações. “O apoio das aeronaves tem sido fundamental para a proteção dos alagoanos. Estamos com significativa queda nos casos de violência no Estado”, apontou.

Fonte:  Agência Alagoas e GRAESP.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

19 − 3 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários