O Tripulante Operacional da PM do Distrito Federal – CTOP/2012

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

A atividade aérea nas instituições de segurança pública do Brasil sempre tem uma característica cativante para seus respectivos públicos internos. O sonho de desempenhar suas funções de policial ou bombeiro em prol da sociedade e a bordo de uma aeronave é considerado por muitos “o melhor dos mundos”.

Apesar da atividade aérea exigir diferentes personagens, entre pilotos, mecânicos, administradores, entre outros, é a função do tripulante operacional que brilha como a “ponta da lança”.

Eles são os olhos atentos a procura da agulha, a mão salvadora estendida no fim da esperança, o vulto de anjo visto pelos olhos das vítimas.

Sendo assim, diante de tamanha responsabilidade, não poderia ser diferente a enorme exigência, os minuciosos critérios, a exaustão física e emocional a que são submetidos os que almejam tal posição.

Mas nada supera a emoção e a alegria dos que chegam ao final e conquistam o direito e a responsabilidade de serem chamados de TRIPULANTES OPERACIONAIS !

Manete posição voo… Cabine pronta ?

Bem vindos a bordo !

Texto: Alex Mena Barreto

- Anúncio -

9 COMENTÁRIOS

  1. BRILHANTE TEXTO, QUE REALMENTE EXPRESSA PROFUNDAMENTE E ESSÊNCIA DO SIGNIFICADO E IMPORTÂNCIA DESTE PROFISSIONAL CHAMADO “TRIPULANTE OPERACIONAL”!!!

    MEUS PARABÉNS E MUITO OBRIGADO PELA LEMBRANÇA PUBLICANDO ESTE ARTIGO.

    SUCESSO A TODOS E BONS VOOS!!

    ABRAÇO;
    ANDRÉ VIEIRA
    3º SGT PM TRIPULANTE OPERACIONAL

  2. Realmente uma bela função dentro da aeronave. São os olhos do piloto nas abordagens, pousos em áreas restritas, etc. Tenho muito orgulho de ter sido tripulante operacional (no DPF chamado de Operador Aerotático)… me deu uma grande bagagem e visão para, agora, ser um piloto de helicóptero melhor, aproveitando mais o voo.

    Aos que almejam a função, garanto: não se arrependerão um só minuto!!

  3. MUITO BOM 04, QUER DIZER QUE AGORA O SENHOR É PILOTO, PARABÉNS POR MAIS ESSA CONQUISTA E BEM COMO PARABÉNS A TODOS OS GUERREIROS DO CTOP/2012 PMDF, QUE LOGRARAM ÊXITO EM MAIS UMA MISSÃO , DE MODO ESPECIAL AO SD PM LOPES, PERTENCENTE AO GRUPAMENTO DE RADIOPATRULHAMENTO AÉREO DA PMAM, MOSTRANDO MAIS UMA VEZ A SUA CAPACIDADE E COMPETÊNCIA, FELICIDADES A TODOS. BRASIL ACIMA DE TUDO. SELVA.

  4. Grande emoção transborda do meu coração quando vejo novos Tripulantes Operacionais se formando e tendo feito parte disso passando o que aprendi e aprendendo com eles é o que torna nossa profissão mais gratificante.
    Ser Tripulante Operacional é mais do que querer ser Policial, porque um bom Tripulante Operacional é antes de tudo um ótimo Policial que tem disciplina, garra, operacionalidade entre outras qualidades que são importantes para compor uma equipe.
    Amo o que faço, agradeço a cada amigo que contribuiu para que hoje eu faça parte desse seleto grupo e parabenizo a todos que conquistaram seu espaço. TRIPULANTES OPERACIONAIS É O QUE SOMOS…

  5. Lindo texto. Realmente expressa o sentimento de realização em poder ser um TOP.. Poder trabalhar fazendo o que amamos fazer e fazer aquilo para que fomos treinados. Fico feliz em observar em inúmeros estados da federação a preocupação em criar unidades de aviação de segurança pública, capacitar pessoal, evoluir em material humano e tecnológico. Valorizar àqueles que estão na ponta da lança como foi dito acima no comentário no nobre amigo. Mas enquanto Estados sonham com um grupamento aéreo, como uma unidade aérea de segurança pública, infelizmente no Rio de Janeiro, que se destaca nas operações helitransportadas no setor da segurança pública, estão querendo acabar com a operacionalidade e até mesmo com o próprio GAM “Grupamento Aeromóvel” da policia militar. Grupamento que vem ao longo dos seus 10 anos de existência fazendo a diferença no que se diz respeito a profissionalismo, competência, técnica e segurança, tudo isso forjado nas inúmeras missões reais de confronto armado, salvamento e tudo mais no que se diz respeito a atividades envolvendo o uso da máquina helicóptero. Infelizmente por motivos de vaidade, ego e até falta de conhecimento a respeito da atividade aérea dentro da segurança pública, pessoas que estão no poder dentro da corporação PMERJ veem o GAM como uma pedra no sapato, como um “filho” que não foi seu e que por isso não deve se destacar ou brilhar. Tripulantes Operacionais e Pilotos hoje trabalham sob a incerteza do futuro. Se poderão continuar fazendo aquilo que gostam e aquilo para que foram treinados, ou se devido ao ego e a vaidade de alguns, perecerão e verão um Grupamento de renome nacional se desintegrar e até deixar de existir apenas por vontade de uns que acham até melhor pintar as aeronaves de preto gastando milhões dos cofres públicos apenas por vaidade.

    Aos amigos tripulantes operacionais e pilotos dos outros estados o que posso pedir e apenas: orem pelo GAM.

  6. tive o imenso prazer de passar pelo bavop em 2011 fazendo este curso parabéns a todos que fazem o bavop um forte abç do 04 do ctop 2011.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários