Áustria – A ÖAMTC Air Rescue, sediada na Áustria, firmou parceria com a escola de voo RotorSky para fornecer treinamento de rotina em simulador para seus pilotos e equipe de resgate (tripulação técnica), tendo em  vista a exigência legal de treinamento para todos os membros da tripulação técnica em toda a Europa, a partir de 2022.

“Embora tenhamos envolvido ativamente nossos membros da tripulação técnica em treinamento em simulador por vários anos, este novo regulamento resultará em um esforço maior de treinamento para nós”, afirmou Reinhard Kraxner, Diretor Administrativo da ÖAMTC Air Rescue.

Com 28 helicópteros H135, mais cinco que deverão chegar em 2022, a operadora ÖAMTC e a escola RotorSky desenvolverão um novo processo de treinamento baseado na orientação europeia, focando no trabalho em equipe do dia-a-dia e na sobreposição de competências.

Um simulador de voo baseado no Airbus H135 usado pelo ÖAMTC será estabelecido nas instalações da RotorSky em Linz, Áustria. Chamado de “Dispositivo Sintético de Treinamento”, o simulador permitirá que os pilotos e membros da tripulação técnica se familiarizem com as características do H135 e desenvolvam habilidades de trabalho em equipe em um ambiente seguro.

“A localização do simulador em Linz também tem uma vantagem econômica para nós”, acrescentou Marco Trefanitz, CFO da ÖAMTC Air Rescue. “Até agora, simuladores comparáveis ​​estavam disponíveis apenas na Alemanha. Esta solução austríaca agora nos dá a oportunidade de organizar o treinamento necessário de forma mais flexível, eficiente e econômica.”

Pilotos e equipes de resgate de operadora austríaca passarão a treinar em simulador de voo do H135

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

oito − três =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários