SSP lamenta notícia falsa de queda de aeronave do GTA/SE

Sergipe – A Secretaria da Segurança Pública do Estado de Sergipe (SSP) divulgou na manhã desta quinta-feira,30, uma nota de repudio a informações falsas sobre a queda de aeronave do Grupamento Tático Aéreo (GTA).

GTA1

Segundo a SSP a falsa notícia causou pânico nos familiares dos policiais e colegas de profissão. “Circula em grupos do aplicativo Whatsapp uma notícia sobre a queda da aeronave do Grupamento Tático Aéreo (GTA) da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). A SSP desmente a informação e ao mesmo tempo lamenta a postura infeliz de quem plantou essa notícia falsa, causando pânico entre familiares e colegas dos integrantes do GTA que fazem um grande trabalho no combate à criminalidade e consequentemente na proteção do sergipano”, esclarece a nota.

Mas o trabalho não parou, no mesmo dia da notícia mentirosa, o Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) e o Grupamento Tático Aéreo (GTA) efetivaram nas imediações da BR-235, em uma estrada vicinal, no conjunto Jardim em Nossa Senhora do Socorro, a recuperação de veículo roubado dos Correios.

sedex

Os militares foram acionados pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP) para atender uma ocorrência de assalto a um veículo Fiat, modelo Fiorino, ano 2004, cor amarela, placa HZU-9941, pertencente a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. O assalto ocorreu  no Marcos Freire e os criminosos também levaram o funcionário como refém.

Os policiais foram informados acerca do provável lugar em que o veículo tinha sido abandonado e com o apoio do GTA conseguiram recuperar o veículo. Várias diligências foram realizadas, não sendo possível a localização dos infratores. Após o assalto, os criminosos deixaram o funcionário nas imediações da subestação. O caso foi conduzido ao Departamento de Polícia Federal (DPF).

Fonte: SSP/SE.

 

 

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

5 × 1 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários