Assaltantes de banco vem a óbito em confronto com a Polícia

Mato Grosso – Policiais Militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) entraram em confronto nesta quinta-feira (9), por volta das 11h, com os assaltantes que invadiram a agência do Banco do Brasil na cidade de Campos de Júlio ( 553 km a Noroeste de Cuiabá), nessa quarta-feira (8). Durante a troca de tiros, os cinco assaltantes morreram. Quatro criminosos foram identificados, são eles: Francisco Cardoso dos Santos Neto, 19 anos, Weverson Aparecido Campos da Silva, 22 anos, André Luiz Pinto Braga, 25 anos e Odacir dos Santos Silva, o “Biguá”, de 22 anos

Mato Grosso - CIOPAER

A Polícia encontrou no local do confronto um fuzil 556, uma Submetralhadora, três espingardas calibre “12”, uma pistola chinesa 9mm, uma pistola Smith & Wesson 9mm, um revólver calibre 38, muitas munições, além de três malotes de dinheiro roubados no dia anterior da agência do Banco do Brasil.

Os militares seguiram os rastros dos assaltantes até o acampamento, onde os criminosos foram encontrados dentro da extensa e fechada floresta que margeia o rio Juína. Eles estavam encurralados. Após se negarem a obedecer a voz de prisão, os assaltantes cerraram fogo contra os policiais militares que responderam em extenso fogo cruzado. A Polícia Militar conseguiu o domínio total da operação, onde culminou com a morte dos assaltantes.

A contenção e isolamento do perimetro onde os criminosos foram encontrados foi realizado pelo helicóptero Águia do Ciopaer, Força Tática da cidade de Cáceres, Gefron, guarnições policiais militares das cidades de Comodoro e Pontes e Lacerda, e policiais do setor de Inteligência do Comando Regional “VI” –Cáceres.

Abaixo fotos do rio Juína e da floresta onde os criminosos foram encontrados:

2 COMENTÁRIOS

  1. Bravos guerreiros assim diz o Senhor nosso Deus.
    Toda a alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus.
    Por isso quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação.
    Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela.
    Porque ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador para castigar o que faz o mal.
    Romanos 13:1-4

  2. Excelente atuação, assim deve ser tratado quem confronta a autoridade e age com desprezo pela vida e sociedade, todos os bandidos eram jovens e com isso sem valor da vida, o poder de fogo contido por eles pelo visto era grande, Parabéns as guarnições

    Giovanni Matiuzzi Zacarias – Cap BM
    BOA/CBMSC

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

vinte − 7 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários