Batalhão de Operações Aéreas da PM do Paraná realiza voo pela vida

Paraná – Na última quarta-feira (20 maio), o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas – BPMOA realizou duas missões consecutivas de transporte de órgãos para transplantes que foram captados pelas Equipes médicas da Central de Transplantes Paranaense, nas Cidades de Toledo e Londrina e foram transportados rapidamente pelas aeronaves até a Capital do Estado.

aorgaopr

As aeronaves utilizadas foram o Falcão 06, um avião bimotor modelo Beechcraft Baron 58 e o Falcão 02, um helicóptero modelo Bell 206 Jet Ranger III. Os “voos pela vida” exigiram minucioso planejamento da tripulação, agilidade e precisão na execução das missões, que resultaram no sucesso esperado.

Foram captados ao todo, dois olhos, um coração e dois rins, sendo que os rins já foram destinados para dois receptores e os olhos foram encaminhados ao Banco de Olhos, onde serão separados em dois conjuntos de córneas e escleras, podendo atender até quatro pessoas.

Da mesma forma o coração teve as válvulas retiradas que foram destinadas ao Banco Nacional de Válvulas Cardíacas, podendo salvar até quatro vidas, de acordo com a Equipe médica da Central de Transplantes Paranaense.

A ADOTE – Aliança Brasileira pela Doação de Órgãos e Tecidos nos esclarece que: “Em que pese os problemas do sistema de saúde, o qual ainda se mostra insuficiente para atender as necessidades da população em sua plenitude, desenvolveu-se no Brasil uma notável capacidade técnica para a realização de transplantes. Apesar desse fato e da fantástica evolução da tecnologia médica em favor da vida, o fato real é que o sucesso dos transplantes, como nenhuma terapia, depende da participação da sociedade através da doação de órgãos”.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

8 − 2 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários