- Anúncio -

Paraná – No início de sábado (25), por volta das 13 horas, a equipe do helicóptero Falcão 03 do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), foi acionada pelo 8º Grupamento de Bombeiros (8º GB) para realizar a retirada de uma mulher da cachoeira do Salto dos Macacos, Morretes, que havia sofrido um queda de aproximadamente dois metros, próximo à cachoeira principal.

Para efetuar a extração da vítima do local foram lançados, por meio de rapel, o Operador Aerotático (OAT) e a Operadora de Suporte Médico (OSM). Uma vez acessado o local, a médica Michele Mamprim Grippa (Saiba mais sobre a médica) e o tripulante Sd Matias realizaram a abordagem da vítima e sua estabilização em maca.

O Sgt Panzarine foi o tripulante que coordenou o desembarque da Dra Michele e do Sd Matias e a retirada da vítima pelo mcguire, orientando os pilotos Ten Cel Adilar e Ten Fernandes.

Em virtude das características do relevo e ser de difícil acesso, foi realizada a técnica de extração através do Mcguire, em que a vítima é içada do local do acidente até um local em que possa ser embarcada na aeronave.

A vítima de 34 anos teve náusea e tontura, apresentava cervicalgia a nível de C2 e ferimento corte-contuso em face. Através de coordenação da Regulação Médica SAMU Operação Verão Maior, foi encaminhada de helicóptero ao Aeroporto de Paranaguá, onde uma ambulância do SIATE do 8º GB aguardava para o embarque. Ela foi transportada ao Hospital Regional Litoral para avaliação, exames e tratamento intra-hospitalar.

Ação pioneira

Foi a primeira infiltração por meio de rapel de um Operador de Suporte Médico (OSM) do BPMOA e Secretaria da Saúde (SESA) em local de difícil acesso para uma missão de resgate.

A pioneira nessa ação foi a Dra. Michele Mamprim Grippa. Ela é médica do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (SIATE) há quase 10 anos e tripula as aeronaves do BPMOA em missões de resgate aeromédico.

Operadora de Suporte Médico do Falcão 03 desembarca de rapel e socorre vítima de queda em cachoeira, PR.

Nessa missão, a Dra. Michele colocou em prático todo seu treinamento e habilidade para acessar a vítima através do rapel. Além disso realizou em equipe a estabilização da vítima e seu preparo para a retirada pela técnica do mcguire. Depois disso fez seu embarque e transporte até a viatura do SIATE em Paranaguá.

“Fique muito feliz em pode ajudar. Confesso que fique apreensiva, mas a experiência do comandante e dos tripulantes, o trabalho em equipe e muito treinamento, deram a mim confiança em realizar a descida com segurança. Tive a oportunidade de participar dos treinamentos realizados pelo BPMOA e isso me ajudou muito.”, disse Michele depois do resgate.

“O trabalho em equipe é fundamental para que tudo ocorra bem.”, complementou.

Saiba mais como foram os treinamentos:

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários