GRPAe/SP recebe recebe homenagem na Câmara Municipal/SP

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Transporte de órgãos para hospitais, acompanhamento de ocorrências policiais e resgates nos alagamentos ou incêndios. Estas são algumas missões do Grupamento de Radiopatrulha Aérea ‘’João Negrão’ da Polícia Militar de São Paulo. A unidade foi homenageada com a ‘’Salva de Prata’’ pelos serviços prestados ao cidadão­. O título é a mais alta honraria do município e foi oferecida pelo vereador Coronel Camilo.

GRPAe/SP recebe recebe homenagem na Câmara Municipal/SP

Camilo comandou a Polícia Militar durante três anos (2009 a 2012) e considera primordial o trabalho do Grupamento. “É uma unidade que está sempre salvando as pessoas, transporta órgãos, auxilia policiais em solo e atendem casos de incêndios e tragédias, como as enchentes na região serrana do Rio de Janeiro, há três anos”, diz Camilo. “Hoje qualquer morador do Estado está a 15 minutos de um helicóptero da unidade, ligada à PM”.

Nos 30 anos de existência, as equipes dos helicópteros Águia, como são conhecidos pela população, já somam quase 100 mil horas de voo. Foram mais de 9 mil ocorrências médicas e aproximadamente 15 mil chamados para apoio policial. O grupamento aéreo tem hoje 12 bases no Estado, contando ao todo com 493 policiais distribuídos em funções administrativas e operacionais.

Durante seu comando, o Coronel Camilo adquiriu para a instituição, seis helicópteros Águia e um exclusivo para treinamento. Outro feito foi a implantação de cinco bases do GRPAe, colocando um Águia em cada uma delas: Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Piracicaba, Sorocaba e Araçatuba.

Tragédia no Rio

Em janeiro de 2011, um major e outros nove homens do mesmo grupamento da PM deixaram para trás as famílias na capital paulista e foram participar de uma missão de apoio às vítimas da tragédia na região Serrana do Rio de Janeiro.

Duas equipes ajudaram com dois helicópteros – os Águias 7 e 10. Estiveram em locais sem luz, água e com um cenário de tragédia. Levaram bombeiros até pontos isolados, distribuíram mantimentos e procuraram corpos – muitas vezes escavando com as próprias mãos.

A Sessão Solene para entrega do título Salva de Prata ocorreu no Salão Nobre da Câmara, Municipal no dia 29 de abril.

Fonte: Coronel Camilo

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários