Policiais paulistas trocam informações com Choque e GRAer/BA

Neste segundo dia (16/08) de visita técnica à PMBA, os 12 capitães paulistas liderados pelo Tenente Coronel Agrella trocaram experiências com a tropa do Batalhão de Polícia de Choque e com o Grupamento Aéreo – GRAER da PM da Bahia.

Esses oficiais da Polícia Militar de São Paulo estão realizando viagem de estudos (IV Jornada Nacional de Polícia Comparada) em seis Estados brasileiros, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Amazonas, Bahia, Rio de janeiro e Mato Grosso, no período de 13 a 20 de agosto de 2011.

Essa viagem faz parte do Curso de Mestrado Profissional em Segurança e Ordem Pública (CAO I-2011) que realizam no Centro de Altos Estudos de Segurança da Polícia Militar de São Paulo. O atual Curso conta com 68 capitães (oficiais alunos de SP e policiais oriundos de Sergipe, Acre, Maranhão, Distrito Federal e Amazonas) e cada grupo visitará um Estado.

A finalidade desta viagem será  conhecer o Planejamento destas Polícias e Corpos de Bombeiros Militares, bem como cada aluno aprimorar suas pesquisas individuais. Três são os temas principais e um secundário, mas todos com um objetivo comum: a Copa do Mundo de 2014, desta forma serão realizados simpósios e visitas relacionadas ao policiamento em campo de futebol, trânsito e combate a ações terroristas e como assunto secundário a organização e estrutura dos centros de coordenação e comando dos eventos. Existe uma troca muito franca de informações entre a PM de São Paulo e a dos outros Estados.

O grupo que se encontra na Bahia, durante a agenda do dia, pela manhã, visitou as instalações do Choque, em Lauro de Freitas, onde o Comandante do BPChq, Tenente Coronel Fonseca, esclareceu vários questionamentos dos policiais paulistas quanto à atuação do Batalhão em operações de controle de tumulto e distúrbios civis, abordagens, tiro tático, entre outros.

Já no turno da tarde, no GRAER, o Major Renato apresentou a unidade e destacou a multimissão das equipes, que consiste no preparo e constante treinamento para pronto emprego em diferentes tipos de ocorrência, o que otimiza os voos. Por fim, o Comandante do GRAER, Tenente Coronel Lázaro, possibilitou que seis dos visitantes participassem de voos de rotina, proporcionando aos oficiais alunos a verificação da complexidade da operação, bem como entender como é atuação da aeronave em um ambiente diferente de São Paulo.


Fonte: Blog PM Informa e Polícia Militar, editado por Piloto Policial.


1 COMENTÁRIO

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dezenove + dez =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários