Vídeo: Mosaico Baiano confere o trabalho do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Confira o brilhante trabalho realizado pelo GRAer da Polícia Militar da Bahia:


Fonte: Globo.com


- Anúncio -

15 COMENTÁRIOS

  1. Queria em primeiro lugar parabenizar o ten Cel Lasaro pela promoção em saber que estive ai com uma turma la de Angola a um ano e meio atrás e ele era Major, fico feliz com tudo que que anda acontecendo neste grupamento, me senti em casa com a atenção dedicada a nós, e digo que este espaço é interesante, aqui podemos expressar nossos conhecimentos trocar experiências tanto que peço aos senhores que olhem a matéria deste site que por sinal é muito boa que tem como titulo “minimizando riscos com o macguire” que fala a respeito de uma nova técnica desenvolvida pelo GRPAe/SP que usa o “CG” da ACFT no caso o gancho como ancoragem principal. leem a matéria e principalmente os comentarios abaixo onde faço algumas observações e como disse peguei a ideia inicial deles e nos aqui em comum acordo com os TPOs, PILOTOS e a MNT chegamos a um consenso e desenvolvemos um sistema que nos da total segurança contra qualquer tipo de alijamento ivoluntário do gancho aja visto que o tipo de gancho normalmente usado nas ACFT AS350 são do mesmo fabricante e descobrimos que nenhun seguro cobre acidente com carga viva no supracitado e que nos levou a pensar mais na segurança de nossos homens, pois, o mesmo não é homologado para isso, no caso missões onde se usa o fator humano como o resgate com puça, sling, cesto, macas, macguire, etc, em fim voamos sem garantia nenhuma a tempos e ninguem via isso, mas o nosso comandante levantou tal questão e realmente toda maquina esta sujeita a desgastes, a sinistros eletricos eletrônicos podendo ocasionar sim um alijamento ivulontario do gancho principalmente nos Estados onde o ambiente salino em sua atmosfera e evidente, basta consultar as orientações do fabricante do motor que fala até quantas milhas e obrigatório lavar o compressor sem precisar estar propriamente em cima do mar basta esta voando, se tem que ser feito é porquer alguma coisa ja aconteceu, e o bambi buchet e fabricante recomenda a não captar agua salinizada nem nas foz dos rios, e já aconteceu conosco em um grande incêndio em uma de nossas reservas há alguns anos que um helicoptero veio em apoio e no 7ºbambi o sistema elétrico falhou devido ele ter captado agua na foz do rio próximo ao mar, e tem comentários de alguns mecânicos com quem já conversei em alguns Estados que falam que houve tal sinistro em outros paises. Minha gente o único guincho homologado para carga viva é do EC 145 único que o seguro cobre, e por que? vou deixar para vcs descobrirem, eu já sei.
    Meu Cmt falou um dia para nos que ele tinha escutado de um outro oficial pronto para mais um dia de trabalho em que num Brinfig com seus comandados disse: “Senhores em 1º lugar esta a nossa segurança, em 2º lugar esta a maquina e em 3º a missão”. se nos não tivermos total segurança do que fazemos e se a maquina não estiver 100% em condições de nada vale ir para a missão. queremos voar e cumprir nossas missões desde que voltemos para casa.
    Temos que nos aperfeiçoar a cada dia, deixarmos de agir por impulsos usar equipamentos e EPIs profissinais nos somos diferentes no que fazemos mas por dentro somos todos iguais…………….abraços a todos e estamos a disposição.

    SD PM MARLON – TRIPULANTE OPERACIONAL DE HELICOPTERO POLICIAL MULTI-MISSÃO DO NÚCLEO DE OPERAÇÕES E TRANSPORTE AÉREO (NOTAer)DA PMES

  2. Só não entendi as cores das aeronaves.
    Por que uma é azul e a outra é meio begé?
    Não deviam ter uma coloração unica como os Águias da PM de SP?

    Fora isso, estão de parabéns, otimo trabalho

  3. Parabéns a todos integrantes do Graer da Bahia! O serviço desempenhado, bem como toda logística e organização de vocês são dignos de elogio! Forte abraço das Minas Gerais!!!

    Cap Farley, BOA – CBMMG

  4. parabéns a todos, faço parte dessa irmandade queria so complementar a respeito do guincho do EC 145 é comcerteza o melhor para cargas vivas me sinto confortavel durante o Resgate e o rapel, abraço a todos. GTA-MA

  5. Marlon, poderia orientar melhor vc fala de guincho e gancho………..!!!!!!!!!!!!!! e o rappel parte do guinho como comenta o falcão 16????????????????

  6. Senhores.
    Vamos tomar muito cuidado ao afirmar ou comentar questões técnicas. Afinal um Tripulante Operacional não pode confundir termos técnicos quando se trata de sua própria segurança.
    “Guincho” não é “gancho”…

  7. CARO Cap PMESP Adriani José, MEU CORDIAL BOM DIA, ACHO QUE O SENHOR NÃO ME ENTENDEU, REALMENTE EU ESTOU FALANDO DO GANGHO SIM, AQUELE QUE FICA NO PAPO DAS ACFTs, SO FAÇO LEMBRAR AOS MUITOS QUE LEEM NOSSOS COMENTARIOS NESTE SITE QUE NOS PERMITE EXPRESSAR E TROCAR CONHECIMENTOS E QUE O COMENTARIO QUE FIZ ESTA DIRETAMENTE LIGADO AO FATO QUE NOS TRIPULANTES ESTAMOS CORRENDO RISCO AO NOS ACOPLAR-MOS AO GANCHO ATRAVES DO CESTO, PUÇA, MACGUIRE, MACAS ETC, SEM TER UM BACK-UP SEGURO NEHUM COBRE ACIDENTE COM ESTE TIPO DE GANCHO A NÃO SER COMO FALEI O DO EC145 QUE JÁ VEM DE FABRICA EM SUA COMPOSIÇÃO 02 GANCHOS INDENPEDENTES EM SUA LIGAÇÕES ELETRICAS E MANUAIS USANDO O CABO PARA RESGATE EM FOMA DE “Y” UMA PONTA EM CADA GANCHO ASSIM O SEGURO COBRE. O QUE FIZEMOS AQUI EM NOSSO ESTADO E QUE PEGANDO A IDEIA DO MACGUIRE FEITO PELO “CG” DA ACFT E FIZEMOS UM SISTEMA INDENPEDENDE ONDE SE ACOPLA NELO TUDO O QUE ERA USADO ANTES DIRETAMENTE NO GANCHO, NO MOVENTO ESTOU DE FERIAS E ESTOU INDO PARA BH MINISTRAR CURSO DE RESGATE EM ALTURA E NA SEGUENCIA ESTOU INDO PATA O TEXAS “EUA” NA FACUDADE DE BOMBEIROS DAQUELE ESTADO FAZER CURSO DE ESPECIALIZAÇAO EM RESGATE COM CORDAS E LOGO ASSIM QUE CHEGAR POSTAREI FOTOS DO SISTEMA PARA TIRAR DUVIDAS, NÃO PASSO AGORA AS MEDIDAS DO APARELHO POIS CADA GRUPAMENTO TEM ACORAGEM FEITAS DE FORMAS E MEDIDAS DIFERENTES EM SUAS ACFTs MAS A IDEIA QUE PASSAREI É QUE É IMPORTANTE AI CADA UM FAZ A SUA CONFORME QUIZER JÁ O “GUINCHO” ESTE QUE FICA DO LADO ESQUERDO DA ACFT PROXIMO ALI A CTP É HOMOLOGADO E REPALDADO PELA SEGURADORA POIS NÃO HA RISCOS DE FALA ELETRICA NO ACOPLAMENTO DO IÇADO POIS E FEITA MANUALMENTE E EXISTE TRAVA NO SISTEMA UNICA COISA QUE POSSA ACONTECER É O TRAVAMENTO DO MOTOR POR ESTRAPOLAR O LIMITE DE PESO DO GUINCHO OU AQUECIMENTO DO MESMO NÃO RESPEITANDO OS CICLOS CONFORME O MANUAL DIZ…..ABRAÇOS

  8. QUEIRAM ME DESCULPAR PELOS ERROS NA ESCRITA E QUE FIZ PELO MEU CELULAR DENTRO DO VEÍCULO E TAVA BALANÇANDO MUITO FORA O TRÃNSITO, TIVE QUE PARAR PARA RESPONDER.

  9. Prezado Marlon.
    Como este é um espaço plenamente democrático, estamos aguardando ansiosamente o seu artigo, e de preferência com fotos, desse novo sistema independente.
    Acho desnecessário você frisar que “NÓS tripulantes estamos correndo risco ao nos acoplarmos no gancho”.
    Pode ter certeza que TODOS os pilotos e mecânicos também tem a mesma preocupação. Ninguém é melhor do que ninguém, pois somos uma equipe unida.
    Você vem citando esse novo sistema ou técnica desde o ano passado aqui neste site..
    Já que é tão inovador e seguro, porque ainda não nos mostrou ou divulgou, a fim de que as demais unidades da AvSegPub possam melhorar e aperfeiçoar a sua segurança???

  10. CONCORDO COM O QUE DISSE E DEVO DESCULPAS AO LEITOR POIS FIQUEI DEVENDO A METÉRIA MAS COMO DISSE TIVEMOS QUE FAZER AJUSTES E TEVE UNS MILITARES EM NOSSO HANGAR DE PASSAGEM QUE VIRAM TAL SISTEMA E JA LEVARAM A IDEIA PARA SEUS ESTADOS INCLUSI UM MECÃNICO QUE JA PERTENCEU A ESTE BRIOSO GRUPAMENTO HJ ESTA APOSENTADO MAS EXERCE A FUNÇÃO DE MNT AINDA EM UMA EMPRESA TEVE AQUI VIU E APROVOU E A PROPOSITO EU NÃO SOU INOVADOR, SOU OBSERVADOR E PREOCUPADO COM A NOSSA SEGURANÇA, DE PILOTAR ENTENDO POUCO E NEM ESTA NO MERITO DA QUESTÃO MAS RESGATE EU ENTENDO E VIVO APRENDENDO DIA APOS DIA COM A VIVÊNCIA MINHA E DOS COMPANHEIROS O QUE FALEI TEM FUNDAMENTO A PROPOSITO O SENHOR JA LEU O COMENTARIO QUE FIZ NO ARTIGO MINIMIZANDO RISCO COM MACGUIRE LEIA E VE SE NÃO TEM FUNDAMENTO LEGAL COMO DISSE FOI UMA OBSERVAÇÃO LEGAL E NÃO PARA CRIAR DUVIDAS OU COISA PARECIDA TANTO QUE USAMOS AGORA ATECNICA DOS SENHORES SÓ QUE COM AS MODIFICAÇÕES QUE CITEI LEVANDO EM CONTA O QUE DIZ O MANUAL DO FABRICANTE NÃO INOVANDO NADA SOMENTE MELHORANDO A RODA COM DIZ O DITADO…….ABRAÇOS

  11. COMO FALEI ESTOU DE VIAGEM MARCADA PARA O TEXAS PARA BUSCAR NOVOS HORIZONTES E O FATO DE ESTAMOS EM PERIGO SIM POSSO AFIRMAR QUE SE ALGUEM AINDA NÃO USA UM BACK-UP NOS SISTEMAS CITADOS(MACGUIRE, PUÇA, CESTO, REGATE COM MACA) USANDO O GUINCHO ESTA SUJEITO A UM SINISTRO EX: PODERIA EU DIZER QUE UM FUZIVEL DO SEU CARRO VAI QUEIMAR NESTE MOMENTO….LOGIGO QUE NÃO, O MESMO PODE DURAR UMA VIDA COMO QUEIMAR A QUALQUER MOMENTO. NOS PODERIAMOS SABER SE A ACFT QUE USAMOS VAI DAR UMA REDUNDÂNCIA ELETRICA OCASIONANDO ALIJAMETO IVOLUNTARIO …LOGICO QUE NÃO, MAS PODE ACONTECER ESSE PODE É QUE EU ESTOU FALANDO, SE POSSO PREVINIR PARA QUE REMEDIAR, SÃO VIDAS QUE ESTÃO EM JOGO AQUI…..PROCURE A MNT E PERGUNTE SE ISSO PODE ECONTECER QUE ELES VAO FALAR……………..ABRAÇOS

  12. Exatamente prezado Marlon…
    Foi por meio daquele seu comentário é que iniciamos uma longa pesquisa e atualmente as aeronaves do GRPAe de São Paulo realizam o Mac Guire pelo gancho, utilizando a argola metálica especificada pela Eurocopter.
    No entanto, enquanto você ficar apenas no campo dos comentários e aguardando uma visita dos colegas de outros estados aí no Notaer/ES, as melhorias não chegarão a tempo… São pouquíssimos os que tem tempo pra te visitar… A internet encurta todas as distâncias…
    Seus comentários são muito pertinentes e devem sim ser enriquecidos por meio de um artigo escrito e ilustrado aqui neste site, entende?

  13. obrigado pela atenção e humildade que vem do Senhor em relatar tais fatos, Eu como qualquer um de nos estamos sujeitos a erros, ´por isso que em meu pensamento esta a posibilidade de estar a frente e superar os erros lá em cima se erramos podemos não ter outra chance de acerta-lo..quando retornar das minhas ferias vou enviar tal materia e vera que não há nade de mais no sistema mas pode salvar as nossas e as vidas de outros pelo simples detalhe da observância.
    Para refletir: NA SEGURANÇA DE VOO O NOSSO OFICIAL RESPONSAVEL NOS DISSE ASSIM: “HÁ TRÊS MANEIRAS DE SOBREVIVER AO ERRO 1º DEVEMOS CONHECER = SABER, 2º DEVERMOS TER A HABILIDADE = FAZER E EM 3º TEMOS QUETER ATITUDE = QUERER” AS TRES PODEM SER DITAS DE VARIAS FORMAS MAS SEMPRE USANDO AS TRES Ex: 1)Eu tenho que QUERER SABER para poder FAZER. 2)Eu tenho que SABER FAZER para poder QUERER.3)Eu tenho FAZER QUERER para poder SABER.
    ~~~~~É nisso que eu tento sempre me apoiar em minhas ideias, experiências, comentários, aulas, simpósios, palestras, cursos , no dia a dia com os colegas, esta é a minha cartilha………abraços

  14. Oii gosteii muito da entrevista, achei muito bom..
    mas axoo q deveria ter uma entrevista com o dj da bahia, ” DJ Ernesto “.
    Com certeza a audiência iria crescer bastante nessa reportagem.
    agradeço desde já à compreensão.
    abraços!

  15. Meus parabens pelo belo trabalho que vocês fazem.
    Espere aí!!!Esse mecânico careca de óculos que aparece no final do vídeo eu conheço.É um dos meus melhores amigos que fiz quando fomos milico na aeronautica,específicamente no DTCEA-SSA.
    Júlio Cesar meu irmão,em breve estarei aí em Salvador fazendo o curso de mecânico de aeronave. Abraços a todos que fazem pate desse grupamento e que Deus abençoe.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários