GRAESP atua em rebelião no presídio do Cucurunã no Pará

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Pará – No dia 04/08/13, ocorreu em Santarém uma rebelião no presídio do Cucurunã com uma fuga de preso frustrada e dois detentos baleados, a equipe do “Guardião 05” estava a postos e foi acionada para dar apoio aos policiais do Grupamento Operacional Tático – GTO, que tiveram que entrar no presídio para conter a rebelião.

rebeliaopara1

A equipe do “Guardião 05” (pilotos Alexandre Schlischting, Capitão Icassatti e tripulantes operacionais Romildo e J. Elias) realizou sobrevoos para reconhecer a área e atuar como dissuador psicológico nas possíveis pretensões dos detentos em prosseguirem com algum tipo de fuga ou confronto com os policiais do GTO que estavam dentro do presídio contendo a rebelião.

Após a situação controlada, a equipe pousou ao lado do presídio para aguardar as negociações e manter-se em prontidão para atuar se fosse preciso, inclusive no transporte de possíveis feridos.

A rebelião terminou rapidamente com a chegada da equipe do GTO e do GRAESP no local, com saldo de dois detentos baleados e uma fuga frustrada, os feridos foram levados para atendimento no Pronto Socorro Municipal de Santarém e não correrem perigo de morte.

A aeronave do GRAESP teve uma função muito importante como dissuador psicológico e ainda pode ser empregada tanto para socorro de possíveis vítimas, como no transporte de efetivo para possíveis invasões por parte da tropa especial e ainda nos reconhecimentos aéreos da área.

rebeliaopara

Texto: Cap Icassatti/GRAESP – PCH ANAC 149088

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários