Schweizer 269 C da Polícia Militar do Piauí está sem manutenção

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Em 2008, o Ministério da Justiça fez a doação ao Governo do Estado do Piauí de um Helicóptero modelo Schweizer 269 C. O então secretário de Segurança Pública, Robert Rios, assinou o convênio junto à União. Com pompas, o aparelho foi entregue à Polícia Militar, comandada naquele ano pelo Coronel Prado. Segundo declarações de Robert Rios naquela época, “a vinda de mais um Helicóptero será fundamental para melhorar a segurança do Estado como um todo”.

No ano seguinte, a Polícia Militar do Piauí realizou a contratação de uma empresa para realizar a manutenção na aeronave. Edra Areonaútica Ltda realizaria a inspeção anual pelo valor de R$ 13.322,88 (treze mil, trezentos e vinte e dois reais e oitenta e dois centavos). E empresa manteve a manutenção em dia por 3 anos seguidos, realizando as inspeções de 25 e 50 horas de voo, e duas manutenções anuais.

Segundo uma denúncia encaminhada ao Ministério Público Federal, ocorreram irregularidades na manutenção da aeronave que levaram ao abandono do aparelho, fato que teria ocorrido ainda na gestão de Robert Rios, o mesmo secretario que entregou as chaves do Helicóptero e que classificou seu uso como “fundamental para melhorar a segurança do Estado”.

Desde o último mês de maio, através de uma decisão do MPF/ Procuradoria da República no Estado do Piauí, a Notícia de Fato nº 1.27.000.001637/2013-47 se tornou um Inquérito Civil Público. O procedimento funciona como uma investigação administrativa que tem por objetivo colher provas para que o MPF, se comprovada a denúncia, possa propor uma Ação Civil Pública.

MPF-helicoptero-piaui

O fechamento dos Postos de Policiamento Ostensivos (PPOS) com denúncias de que a ação objetivava a diminuição do número de boletins de ocorrência, mascarando a real situação da segurança, e o fracasso do Ronda Cidadão por uma insuficiência de contingente, tornam a gestão da Segurança Pública no governo Wilson Martins já é considerada um desastre.

Robert Rios comandou a pasta durante os Governos Wellington Dias e Wilson Martins. O possível abandono do Helicóptero se torna a perfeita ilustração da desordem que impera na Segurança Pública do Piauí. Mas a propaganda de Wilson Martins fez tudo parecer perfeito.

Fonte: Capital Teresina.

- Anúncio -

2 COMENTÁRIOS

  1. Vários Estados brasileiros, sequer tem condições de manter viaturas regularmente, imaginem helicópteros, aos Guerreiros que tem muita coragem de voar esses aparelhos às vezes sem manutenção, merecem pelo menos respeito.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários